Perfil:
Eu Sozinho


Arquivos:

Amigos (0)::

POSTS


24/04/2011 às 19:59

não é por que thais já já vai chegar aqui pra pegar a internet..mas é que..foda-se, é isso mesmo.

Comentários




24/04/2011 às 19:58

não é que faça muito tempo..mas é que faz MUITO tempo.. vou começar a desconsiderar certas coisas.

Comentários




24/04/2011 às 19:00

 queria muito entender o que acontece comigo..

fiquei tremendamente besta de uma hora para a outra.

parece que isso afeta os nervos.



Comentários




24/04/2011 às 18:57

 e, como previsto, cada um foi para um canto

e assim se fez o melancólico fim de dia..



Comentários




24/04/2011 às 18:38

 por que se proferiram palavras sujas? se tudo que eu queria eram as puras?!



Comentários




24/04/2011 às 18:37

 eu acho que há hora pra tudo..e que só queria a beleza disso tudo.



Comentários




24/04/2011 às 18:36

 Soneto do Amor Total

Amo-te tanto, meu amor ... não cante
O humano coração com mais verdade ...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

Vinícius de Morais



Comentários




24/04/2011 às 18:20

"Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente."
 

essa saudade é tão difícil de lidar...



Comentários




24/04/2011 às 18:19

queria muito que nossos momentos pudessem ser eternizados..mas sempre há o retorno à realidade, que me esmaga por completo. Isso mesmo, a realidade não é só sua..também é difícil pra mim. Se quiser se perguntar de quem é a culpa..sim, ela pode ser sua..você é culpado por me trazer estes momentos inexplicavelmente bons...

Comentários




24/04/2011 às 18:15

Dialética

É claro que a vida é boa 
E a alegria, a única indizível emoção 
É claro que te acho linda 
Em ti bendigo o amor das coisas simples 
É claro que te amo 
E tenho tudo para ser feliz 
Mas acontece que eu sou triste..."

Vinícius de Morais



Comentários




24/04/2011 às 07:47

será que é tão difícil perceber os abismos em que eu vivo?!

Comentários




22/04/2011 às 02:05

 estou sob efeito da agua gelada da lista de mais cedo..realmente devo dormir.



Comentários




22/04/2011 às 02:04

 pq essas coisas nao se falam..nao se deve contar vantagem delas..isso as torna falsas

isso fere..pode ser ate pior.



Comentários




22/04/2011 às 01:58

 ''você já me esqueceu, e eu não vejo um jeito de fazer você lembrar..''



Comentários




22/04/2011 às 01:57

 a incompreensível dualidade das coisas..



Comentários




22/04/2011 às 01:55

 e tudo o mais que há no contentamento descontente.



Comentários




22/04/2011 às 01:30

 incrivel como o sono passa e volta



Comentários




21/04/2011 às 23:31

bom..não vou ganhar nada mais que desespero aqui..vou para bioquímica.

Comentários




21/04/2011 às 23:29

oh..me livrem dessa minha tragicomédia..só queria ter dinheiro pra não precisar ficar ouvindo cobrança do meu pai. minha cabeça seria muitíssimo mais tranquila..

Comentários




21/04/2011 às 23:28

logo eu que sou de prazeres humildes..ganhar na mega sena me bastava..

Comentários




21/04/2011 às 23:25

ser√° que agora todos os meus dias v√£o terminar assim?!

Comentários




21/04/2011 às 23:25

s√≥ n√£o quero fomentar essa d√ļvida de conseguir ou n√£o.. sei que n√£o √© pra ser f√°cil, mas por que ser t√£o dif√≠cil assim?!

Comentários




21/04/2011 às 23:21

 é realmente muito difícil fugir do nosso egoísmo particular..



Comentários




21/04/2011 às 23:20

 não devia ter olhado essa parada hoje..parece que me arrancaram alguma parte da garganta.



Comentários




21/04/2011 às 13:31

flashs e descompassos..assim vou vivendo.

Comentários




21/04/2011 às 00:32

"sentiu-se, de repente, profundamente infeliz.''

Comentários




21/04/2011 às 00:24

parece que acabou a din√Ęmica.

Comentários




20/04/2011 às 23:48

acho que vou dormir..estou com medo de como ser√° esta noite,,

Comentários




20/04/2011 às 23:27

parece que acabou o jogo..

Comentários




20/04/2011 às 23:21

 eu queria ouvir que está tudo bem..mas não sei se seria capaz de acreditar nisso. u.u



Comentários




20/04/2011 às 22:42

não sei se o perdão realmente existiu..e não digo apenas por você, mas por mim própria..

minha garganta continua apertada, o que não é um bom sinal.

também não sei se conseguirei manter a naturalidade deste blog...já que agora sei que você o lerá..não sei se a dinâmica dará certo.

não sei de muita coisa, não é mesmo?!



Comentários




20/04/2011 às 13:52

''não é natural..tão natural..''

Comentários




20/04/2011 às 13:50

aaaaaahr ¬¬

Comentários




19/04/2011 às 19:41

para o caso de vc voltar aqui..

 vou propor uma dinamica..

continuarei escrevendo aqui normalmente(nem mais, nem menos do  tenho feito)..ou seja, de forma totalmente aleatoria, quando  surge algo

a questao eh q nao quero q as coisa do blog saiam do blog..entao qualquer coisa q eu escrever aqui, so poderá ser comentado aqui..e dessa forma vc pode(ou não) obter suas respostas..o q estiver aqui nao deve refletir nas coisas de fora..caso isso aconteça, ou caso se comente sobre o blog pessoalmente, a dinamica estará desfeita e o blog talvez tenha q ser abandonado ou trocado(o q eu acho dificil)..

entao..eh isso, vamos ver se da certo.



Comentários




17/04/2011 às 20:36

 mas uma coisa é certa..não foi o mesmo sem você

quer dizer..nada é o mesmo sem você.

e ontem foi pior ainda..



Comentários




16/04/2011 às 12:58

ser√° que ele n√£o pensa nem por um instante que ele mesmo traz isso pra si?!

Comentários




16/04/2011 às 12:49

 sem saco.

sem saco nenhum..



Comentários




16/04/2011 às 12:48

os incomodos..incomodos de merda. pensando que pode manipular sem ser percebido..aham.



Comentários




16/04/2011 às 12:47

 to sentindo algo..não chega nem perto de ser uma boa sensação..



Comentários




14/04/2011 às 14:54

e ele vem inconscientemente me salvar da minha insanidade.. =]

Comentários




14/04/2011 às 14:46

eu estou triste..estou triste por motivos estranhos..pelo nao ver, pelo nao falar direito..pelas responsabilidades..pelo medo..sim, o medo.



Comentários




10/04/2011 às 20:45

http://caiofabreu.blogspot.com/2010/08/os-dragoes-nao-conhecem-o-paraiso.html

Comentários




10/04/2011 às 20:14

é difícil lidar com uma pessoa intensamente interessada em sua essência..se houvesse um tradutor para ela seria bem mais fácil.

Comentários




10/04/2011 às 20:11

há uma barreira invisível que muito dificilmente se rompe ao meu redor..antes era uma solução, agora mais parece uma doença..

Comentários




10/04/2011 às 20:10

percebo, o problema foi acostumar-me a minha solidão. não havia ninguém que invadisse minha loucura particular..como explicá-la agora?

Comentários




10/04/2011 às 18:52

ora..que culpa tenho eu por querer tudo explicadinho e sob meu controle? acho isso muito compreensivo, ainda mais ante as experiências passadas.

Comentários




10/04/2011 às 18:50

quero dar logo os parabens pro meu bem..

Comentários